Caso Clínico - Bioética

postado 14/06/2017

A Bioética como ciência ou disciplina tem em uma das suas vertentes a possibilidade de auxilio nos conflitos éticos que se apresentam no cotidiano de qualquer profissional de saúde. Por sinal, quando surgiu nos anos 60-70, nos EUA, a Bioetica foi cunhada como um recurso para a resolução dos conflitos éticos da época (p.ex: conceito de morte; pesquisa em seres humanos). Atualmente ela se estende a diversos ramos do saber e não atende somente ao campo da saúde, pois temos áreas como por exemplo a de Exatas, que sorvem conhecimento na Bioética. Uma das ferramentas para análise e procedimento de conflitos éticos é a Bioética Deliberativa, aprimorada e sustentada pelo Prof. Diego Gracia, da Universidade Complutense de Madrid e que tem como princípio evitar os extremos, buscando a justa medida na tomada de decisões. Assim, no presente caso em discussão o método deliberativo foi utilizado no intuito de encontrar o melhor caminho para resolver a situação descrita.


José Miguel Viscarra Obregón; nefrologista, prof. de Nefrologia e Bioética da Universidade Estadual de Maringá (UEM) -PR, coordenador da Liga de Bioética da UEM; doutorando em Bioética pelo Centro Universitario São Camilo - SP; estágio na Universidade Complutense de Madrid (Serv. do Prof. DIego Gracia).


Link para documento do Caso Clínico Comentado

+www