CKD of Unknown Cause: A Global Epidemic?

postado 26/03/2019


 


 


 


 


 


 


 


 


 


Apesar de não se tratar de um artigo de gestão e segurança, o mesmo tem um significado para refletirmos neste momento de campanha de prevenção e alerta, DIA MUNDIAL DO RIM. Esta publicação aborda outras possibilidades de IRC, que denominam de insuficiência renal crônica de causa indeterminada (DRCI) cujas causas são falta de saneamento, condições de trabalho entre outras. Acreditamos que nesta situação as políticas de saúde devam ser incrementadas e a prevenção a melhor solução. O Brasil não está incluído nos países apontados, que sofrem desta patologia porém em determinadas regiões deve estar próximo.


Cinthia Vieira


O dia mundial do rim é um momento adequado para refletir sobre as epidemias de rins, doença renal crônica de causa indeterminada (DRCI) que afetam as comunidades agrícolas na América Central, no sul da Ásia e, possivelmente, em outras partes do mundo. As causas identificadas são: calor, pesticidas, água (incluindo metais pesados), infecções, ou outros fatores que estão sendo sugeridos como a causa primária. No entanto, ainda não sabemos, pelo menos em um nível global se a doença é a mesma em diferentes partes do mundo. Essa carência de informações epidemiológicas básicas também tem implicações importantes para a assistência à saúde.


O dia mundial do rim 2019 tem como tema ¨saúde renal para todos” mas como o acesso aos cuidados de saúde pode ser fornecido para uma doença que não é reconhecida, não diagnosticada e mesmo quando diagnosticada muitas vezes não tratada? A DRCI é clinicamente silenciosa nos estágios iniciais e, em muitas áreas afetadas, acarreta um mau prognóstico.


Geralmente é diagnosticada tardiamente, e não há dados disponíveis sobre fatores que previnem a progressão. A terapia de substituição renal não está disponível em muitos países de baixa e média renda, e mesmo se presente, é muitas vezes inacessível para a maioria da população, o que significa que a doença renal em fase terminal é geralmente fatal.


O que é DRCI? Ocorre em pacientes com função renal prejudicada na ausência de diabetes, evidência de glomerulonefrite primária (seja na biópsia renal ou clinicamente), ou anormalidade estrutural. O número limitado de biópsias renais realizadas em pessoas afetadas mostra cicatrizes de um tipo que pode ser a consequência de uma ampla gama de insultos.


A DRCI ocorre na Índia, Sri Lanka, América Central, também em outras regiões tropicais/subtropicais do mundo, incluindo a Arábia Saudita, Egito, Senegal, mas os dados padronizados não estão disponíveis para comparação.


Recentemente uma parceria foi criada, que desenvolveu um protocolo comum para estimar distribuições de função renal em comunidades desfavorecidas globalmente: Disadvantaged populations estimated glomerular filtration rate epidemiology study (DEGREE).


 


Duas referências importantes embasam esta publicação:


Caplin B, Jakobsson K, Glaser J, et al. International collaboration for the epidemiology of eGFR in low and middle income populations—rationale and core protocol for the disadvantaged populations eGFR epidemiology study (DEGREE). BMC Nephrol. 2017;18:1.


Tatapudi RR, Rentala S, Gullipalli P, et al. High prevalence of CKD of unknown etiology in Uddanam, India. Kidney Int Reports. 2019;4:380–389.

+www