Confira o post enviado a SBN pelo Dr. Edison da Creatinina

postado 15/10/2019

O nefrologista britânico Sir Peter J. Ratcliffe, diretor de pesquisa clínica em Londres e  Oxford, recebeu o Nobel de Medicina ou Fisiologia pelo trabalho sobre a adaptação das células às variações no fornecimento de oxigênio. O prêmio foi partilhado com os pesquisadores norte - americanos William G. Kaelin e Gregg L. Semenza . Dois colegas brasileiros, em cursos de pós-graduações, tiveram contato com ele em Oxford :  Carlos Eduardo Poli de Figueiredo e  David Saitovitch, ambos do Rio Grande do Sul.


O Dr Ratcliffe inciou sua carreira de nefrologista em Londres, e encontramos, entre suas diversas publicações na área de Nefrologia, no British Medical Journal , de 11/2/1984, chamando a atenção para o encaminhamento tardio dos pacientes com doença renal avançada, precisando de diálise de urgência , cunhando o conhecido termo “late referral”,  em função de sintomas urêmicos e clearance de creatinina abaixo de 6 mL /minuto. Alguns anos mais tarde, em 1995, o colega Ricardo Sesso publicou, na revista da Sociedade  Brasileira de Nefrologia, artigo que destacava exatamente a mesma observação, passando a nos alertar para o diagnóstico precoce da doença renal. Em 2019,  nossa Sociedade está empenhada em mudar essa história, divulgando o alerta para a prevenção das doenças renais com dois procedimentos simples e baratos:  o exame de urina e a dosagem de creatinina.


+www